Para muitas empresas, a cobrança de dívidas é um verdadeiro pesadelo. Boletos impressos, e-mails com propostas de renegociação, SMS, ligações intermináveis, contratação de assessorias, protestos, enfim, tudo num ciclo demorado e tedioso que não oferece qualquer garantia de pagamento. Entretanto, é (indiscutivelmente) uma parte essencial de qualquer negócio e por esta razão exige uma operação dedicada e eficiente.

Você está disposto a gastar mais tempo com a recuperação dos seus créditos ou a empregar seu tempo no melhoramento e ampliação do seu negócio? Decerto que no melhoramento e ampliação do seu negócio. Também sabemos que existem 61,7 milhões de brasileiros atravessando a difícil fase de inadimplência. Então, por mais óbvia que possa ser a resposta, se cada uma dessas pessoas devesse apenas 1 real, estaríamos falando de 61,7 milhões de reais a menos na nossa economia, mas o déficit causado é bem maior: mais de 250 bilhões!


A Economia Digital trouxe soluções em sua bagagem que provocaram uma verdadeira revolução na cobrança. Inaugurou uma nova e promissora era na cobrança de dívidas, especialmente porque impacta positivamente nos resultados almejados pelo credor, ao instituir a cobrança digital.

Nesse artigo vamos mostrar como a Negocia Fácil contribui para uma mudança no cenário dos negócios digitais com seu jeito particular de restabelecer as relações de consumo.

Imagine que você precisa contratar um novo profissional para somar uma determinada competência ao seu negócio. Quando se trata de algo que ainda não foi suficientemente explorado, você certamente terá poucos profissionais disputando a vaga. O fato é que todos têm uma considerável experiência acumulada, falam outros idiomas, têm certificações, premiações, estão diretamente ligados a grandes projetos e seu valor de mercado está nivelado. Então qual critério vai utilizar para a seleção?

A contratação de um serviço de cobrança digital não é diferente. Por isto, é estratégico para o seu negócio, não apenas pensar soluções inovadoras para levar sua empresa a alcançar seus objetivos principais, mas pensar em algo que seja constantemente melhorado.

Somos um ecossistema

Uma das principais lições deixadas pela crise é a de que inovar não se limita à aquisição de altas tecnologias OU à contratação de competências complementares OU a interpretar dados OU instituir uma estratégia “matadora” de marketing OU, ainda, a redesenhar os processos OU… É tudo isto junto e ao mesmo tempo, o tempo todo! É  Work in Progress.

Inovar é entender que pra colocar em órbita aquele foguete gigantesco, que pesa 2.9 mil toneladas, são necessários 96,25% de puro combustível (apenas 3,75% é a “nave” em si – é assim desde o Saturno-5).

Nós somos como um foguete que deve levar os resultados de nossos clientes para o alto e a jato! Por isto precisamos de todo este combustível. Portanto, a primeira mudança que implementamos consistiu em aumentar a percepção do valor de um sistema de cobrança para uma empresa. Quando essa empresa cria, produz, negocia e entrega um produto ou serviço que não é pago no prazo estimado, ela perde propulsão.  

Voltando àquela questão sobre o critério de escolha: quando se trata da escolha de uma prestadora de serviço em detrimento de outra que tecnicamente é tão competente quanto, qual deve ser? Um gestor atualizado sabe que hoje as contratações são definidas pelo portfólio que exibe mais participações diretas nos resultados das corporações com as quais contribuiu.

Nosso portfólio traz resultados que impressionam gestores de cobranças – especialmente aqueles que estão começando a ter contato com o universo dos dados e métricas. Impressiona, porque quando estávamos em plena crise econômica fechamos mais de 3 milhões de acordos, contribuindo enormemente para o reaquecimento da economia. Com uma base superior a 23 milhões de consumidores com inadimplência, nossa fórmula de sucesso está no que batizamos de fator “3T – Time, Tecnologia e ‘Tempero’”.

O fator 3T como diferencial competitivo

1 – Time

Nosso “time” não é formado apenas por profissionais altamente qualificados, mas por um ecossistema que envolve colaboradores, fornecedores, parceiros, clientes, usuários, analistas, entre outros, numa rede tecida por um propósito comum.  Esse time atua no desenvolvimento de soluções para o B2B e B2C, contudo, é totalmente orientado para o “H2H”, ou seja: somos humanos trabalhando para humanos.

2 – Tecnologia

O que você pensa quando ouve a palavra “tecnologia”? Em aviões e equipamentos de laboratório ultrassofisticados, carros autônomos? Ou pensa em smartphones e algoritmos de aprendizado de máquina?

O capitalista de risco Peter Thiel pensa na última opção. Para ele, quando um locutor da CBN diz que “os estoques de tecnologia estão em baixa”, devemos saber que ele se refere ao Facebook e à Apple, não à Boeing e à Pfizer.

O mesmo acontece com o setor de Cobrança de Dívidas.  Como seus clientes se comportam atualmente? Eles ainda mandam cartões postais pelo correio? Ligam para o telefone fixo para saber se tem alguém em casa? Não mais, certo? Se eles mudaram de comportamento, então é preciso mudar o jeito de fazer cobrança! E se tudo muda o tempo todo, então dentro do “novo” jeito de fazer cobrança, também deve haver algo ainda mais novo e contínuo. Essa é a tendência: a Neo Collect:

– Com a automação dos processos de cobrança, oferecemos uma expressiva redução no tempo de resposta;
– A inteligência de dados nos permite identificar em tempo recorde quais são os perfis de devedores mais propensos a aceitar rapidamente uma proposta de negociação;

– Alcançamos os devedores quando e onde estiverem disponíveis e damos a eles autonomia, respeito e empoderamento – e assim os engajamos;

– Investimos tanto em Inteligência Artificial, Big Data, Deep Learning, Chatbots e APIs, quanto nos meios para que você possa acompanhar toda a operação de cobrança em tempo real;

– Produzimos conteúdos para ajudar nossos clientes e os clientes dos nossos clientes a recuperar integralmente sua saúde financeira;

… A lista não pára aqui.


3 – Tempero

Já nosso “tempero” inclui a maneira muito cuidadosa com a qual tratamos as pessoas com inadimplência. Acreditamos que reestabelecer a relação de consumo é tão importante quanto recuperar recursos financeiros. A inadimplência é tão somente um estágio no ciclo de vida de alguém. Também adicionamos à cobrança digital boas pitadas de flexibilidade e acessibilidade.

Mudanças no uso da tecnologia

Não há mais desculpas para deixar de contratar um sistema de cobrança totalmente digital e eficiente. Lembra de quando a tecnologia GPS foi adotada por empresas de transporte e logística? Pois é, a produtividade nesse setor basicamente dobrou. Com a Neo Collect, acontecerá o mesmo.

Em todo o mundo, quando os economistas noticiam sobre os ganhos de produtividade, na verdade estão falando sobre os avanços tecnológicos que potencializam os ganhos econômicos.

Está na hora de a gente fazer uma reflexão sobre como é que toda a tecnologia que se tem disponível não melhora a economia, não deixa a nossa vida melhor, com mais tranquilidade e prosperidade. Pelo contrário, parece que estamos cada vez mais pobres, trabalhando mais horas e deixando um mundo pior para nossos descendentes.  

A mesma tecnologia que mudou nosso jeito de viver, agora precisa ser usada para mudar nosso jeito de trabalhar. Ela não pode servir apenas para que a gente chegue em casa depois de um dia exaustivo e se jogue no sofá para assistir um seriado ou ouvir todas as músicas que quiser ou para passear de carro sem precisar se esforçar para estacionar.

Ela precisa começar a mudar a forma como produzimos, nos relacionamos e gerenciamos nossos recursos, pensando na qualidade da vida humana e do planeta a longo prazo.

Neste momento, pensadores do uso da TI estão discutindo sobre o que, de fato, está atrasando a economia mundial. Eles acreditam que não é por falta de avanços tecnológicos, e sim, por falta de empresas que possam e saibam realmente como usar estes recursos.

E nos orgulhamos de ter mudado a maneira como nossos clientes lidam e utilizam tecnologia; assim como mudamos a maneira de muitas pessoas se relacionarem com as dívidas.  Quer a mais pura verdade? Não, não vendemos um poderoso sistema de cobrança digital… Aqui somos todos vendedores de adimplência! Somos dessas empresas que sabem usar o melhor da tecnologia para fazer tudo isto acontecer de forma simples, fácil e rápida.